Uma escolha inesperada

Hoje venho tentar esclarecer um pouco a ideia por trás da escolha de não vetar cache por parte da LG e mostrar a minha opinião sobre. Mas antes de começar: Você sabe o que é metagame?

De forma genérica, metagame pode ser definido como qualquer estratégia, ação ou método utilizado em um jogo, que vai além do escopo das regras pré-estabelecidas. Trata-se dos fatores externos que influenciam a disputa. — Geraldo Campêlo (Cardplayer Brasil)

No CSGO, podemos dizer que metagame é tudo que pode influenciar no resultado da partida que não dependa exclusivamente de uma tática pré-estabelecida ou da habilidade (skill) do jogador envolvido. Hoje vimos um exemplo claro disso quando a Luminosity escolheu não banir cache ao invés de se ater a outros mapas nos quais conhecemos sua superioridade. Esse metagame consistiu em fazer exatamente o oposto do que seu adversário achava que iria ser feito, que no caso em questão era escolher jogar um dos seus mapas fortes, por exemplo: mirage, cbble ou train. Sabendo que o mousesports havia se preparado para enfrenta-los nesses mapas os brasileiros conseguiram surpreender os alemães com essa escolha inesperada.

fallen-mouz

LG cumprimentando os jogadores do mousesports após derrota.

Este que vos escreve respeita a LG por terem coragem de assumir o risco e aceitar a possível consequência desse ato. Sabemos que o risco além de tudo foi extremamente calculado (isso faz parte do metagame), com certeza os brasileiros sabiam que o mousesports ganhou oito das onze partidas jogadas esse ano neste mapa. O fato deles estarem treinando mais vezes a cache e da Liquid não ter avançado na competição lhes deu segurança para arriscar, pois caso perdessem não precisariam reviver uma “best of three” contra os americanos.

Não vejo problema em arriscar, já que provavelmente eles não perdem para a TyLoo em uma BO3, mas a LG mostrou que apesar dos treinos ainda continuam com uma cache problemática e isso pode ser usado por seus adversários a partir das quartas de final onde enfrentaram equipes melhor preparadas que os chineses por exemplo.

Infelizmente este mapa tem se tornado uma pedra no sapato das nossas equipes. Nos últimos três meses a LG perdeu cinco das nove vezes que jogou, fazendo com que escolher a cache se torne uma ótima opção pra outras equipes, que mesmo não tendo boas estatísticas (a maioria não tem) nesse mapa podem usá-lo como alternativa, já que nos demais a equipe brasileira mostrasse muito mais consistente.

Então, mesmo podendo arriscar eu optaria por não ter feito. Teria escolhido um dos mapas habituais, pois mesmo com o mousesports munidos de anti táticas – que não é uma certeza de vitória – acredito que a LG estaria em condições mais favoráveis para vitória e consequentemente manteria a primeira colocação do grupo.

Apesar de terem sido pegos de surpresa com a escolha inesperada, a mousesports se mostrou superior durante toda a partida. Com uma excelente atuação de Johannes “nex” Maget (1.72) e Nikola “NiKo” Kovac (1.55) conseguiram tranquilamente fechar a partida em 16-7.

FOTO: HLTV

Anúncios

2 Respostas para “Uma escolha inesperada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s